Começou em Snapper Rocks

Os nervos vieram à tona no primeiro dia do Quiksilver Pro Gold Coast

Ontem foram realizadas todas as 16 baterias do primeiro round da etapa de abertura do World Tour que acontece na Gold Coast australiana. Nenhuma grande surpresa e muito nervosismo marcaram o primeiro dia de disputas.

Dane Reynolds deixou a desejar. Todos estavam esperando muito do surfista que recebeu o prêmio de Most Improved Surfer de 2009, e ele sentiu isso. Dane saiu do mar alegando que as condições estavam ruins, mas surfando o básico do básico Brett Simpson levou a bateria.  O nervosismo finalmente deu as caras no desencanado Dane. Tenho certeza que ele supera e vai voltar dar o show que ultimamente ele vem dando ultimamente.

Kelly botou pra dentro como se fosse um local de Snapper

Falando em show, Kelly Slater e Mick Fanning arrepiaram. Kelly fez a melhor apresentação da primeira fase somando 17.77 dos 20 pontos possíveis, na sua cola veio Fanning com 17.36. Os dois mostraram que não estão para brincadeira. Joel Parkinson também foi bem mas não pareceu o mesmo do começo do ano passado, claro que é cedíssimo para afirmar isso, muitas águas vão rolar, quer dizer, ondas vão quebrar até o fim do campeonato.

O terceiro maior score foi do nosso rookie Jadson André. O potiguar caiu na última bateria do dia contra dois adversários duros para uma disputa na Gold, os aussies Adam Melling e Dean Morrison. Jadson somou 14.94 pontos, mostrou um surf poderoso de backside e passou direto para a terceira fase do Quiksilver Pro. No mesmo embalo foi Adriano de Souza. Mineiro mostrou a mesma disposição que mostrou em 2009 e ainda vai longe no campeonato.

Owen Wright veio para ficar

Entre os aguardados estreantes, Owen Wright e Dusty Payne foram os únicos que fizeram o dever de casa. O resto foi para a repescagem. De novo o friozinho na barriga fez sua vítimas.

Hoje o evento foi cancelado devido ao alerta de tsunami que assustou grande parte do mundo. A nova chama do Quiksilver Pro Gold Coast rola amanhã por volta das 6 horas da tarde no horário de Brasília. Para assistir ao vivo clique aqui e se quiser ver e fazer comentários durante as baterias siga @freitassss no twitter. Lá tem uma galera entendida dando sua opinião enquanto o evento está rolando.

Round 1 highlights:

Repescagem:

Heat 1: Taj Burrow (AUS) vs. Garrett Parkes (AUS)
Heat 2: C.J. Hobgood (USA) vs. Blake Ainsworth (AUS)
Heat 3: Bobby Martinez (USA) vs. Craig Anderson (USA)
Heat 4: Damien Hobgood (USA) vs. Neco Padaratz (BRA)
Heat 5: Dane Reynolds (USA) vs. Blake Thornton (AUS)
Heat 6: Jordy Smith (ZAF) vs. Marco Polo (BRA)
Heat 7: Kieren Perrow (AUS) vs. Travis Logie (ZAF)
Heat 8: Fredrick Patacchia (HAW) vs. Tanner Gudauskas (USA)
Heat 9: Dean Morrison (AUS) vs. Matt Wilkinson (AUS)
Heat 10: Kai Otton (AUS) vs. Nathan Yeomans (USA)
Heat 11: Kekoa Bacalso (HAW) vs. Jay Thompson (AUS)
Heat 12: Mick Campbell (AUS) vs. Adam Melling (AUS)
Heat 13: Michel Bourez (PYF) vs. Patrick Gudauskas (USA)
Heat 14: Ben Dunn (AUS) vs. Daniel Ross (AUS)
Heat 15: Roy Powers (HAW) vs. Andy Irons (HAW)
Heat 16: Drew Courtney (AUS) vs. Luke Stedman (AUS)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: