O dia dos aussies

parko

A parada não estava pra qualquer um em Super Tubos

Logo após a derrota do nosso grande Mineiro, as baterias das quartas de final da nona etapa do World Tour deste ano, o Rip Curl Pro The Search 2009, entraram na água.

Jordy Smith e Bebe Durbidge travaram o primeiro duelo desta fase. O sul africano dominou quase toda a bateria, tirou uma nota na casa dos 9 pontos fazendo com que Bede  precisasse de um “high score’’ para virar a disputa. Sem muita enrolação, Bede foi lá, pegou um belíssimo tubo e tirou o primeiro 10 do campeonato. Jordy não precisava de uma nota muito alta para virar, mas, como na bateria de Adriano, as ondas pararam de entrar e o australiano se garantiu  no primeira confronto da semi final.

Bede Durbidge

Bede Durbidge virou com um 10 para cima de Jordy Smith

Na disputa seguinte, Joel Parkinson não repetiu a apresentação mais ou menos que fez contra Kai Otton, e venceu tranquilamente Bobby Martinez. O aussie surfou como vinha surfando no primeiro semestre do ano e fez a maior somatória das quartas, 18.60 pontos, com direito a uma onda nota 10, a segunda do campeonato. Com a vitória, Joel Parkinson irá enfrentar Bede Durbigde na primeira bateria das semis.

Depois da bateria de Parko, o wild card Owen Wright e o atual 10° colocado do ranking Damien Hobgood caíram no mar. O confronto começou sem muitas emoções até Owen tirar o terceiro 10 do campeonato, que na minha opinião podia ter valido uns 12 ou 13 pontos, e fazer com que Damien ficasse em uma situação bem complicada. Faltando pouco menos de 15 minutos para o fim da bateria, o australiano levou uma vaca ao tentar pegar uma das direitas da serie e acabou perfurando o tímpano e contundindo o seu pescoço, tendo que sair do mar e ir para o hospital. Mesmo sozinho no outside, Damien não conseguiu superar a nota 10 de Wright e perdeu a disputa.

owen

A vaca de Owen

Fechando o dia, Mick Fanning passou mais uma vez tranquilamente pelo seu adversário, que no caso foi o norte americano Tim Reyes, e se garantiu para a semi. O australiano tirou um 9.50 que pra mim podia muito bem ter sido o quarto 10 do dia mas…Agora resta saber se Owen terá condições de participar da sua bateria contra Mick, se ele não conseguir, Fanning vai para a final e ficará a um passo do titulo mundial.

Amanha as 6 hrs da manha, no horário de Brasília, vai rolar a próxima chamada do evento.

Aguardem….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: